terça-feira, 20 de outubro de 2009

História de um Nascimento: Bebê Camille

Bom dia meninas!!!!
Pra começar bem o dia, mais uma história linda de viver!
Hoje é da Camille, filha da Vanessa, nossa colaboradora. Camille completou um aninho esse mês com uma festa linda linda...
Meninas, o marido dela é único! O que foi "A Descoberta" do Kiuw, Nessa?!?!?!
Vamos nos emocionar??!?!
A Motivação
Eu sempre quis ser mãe. Nunca tive sonho de casar de véu e grinalda, mas o sonho de ser mãe sempre existiu.
Quando casei decidimos que iríamos esperar a “Hora Certa” para ter filhos, se estruturar ter uma condição para poder respirar um pouco mais aliviado e etc... pois quando casamos tínhamos despesas grandes de casa, contas e com filho logo, achávamos que não seria uma boa idéia.

As Tentativas
No meado do ano de 2007 resolvemos parar de tomar remédio e tentar. Eu tinha uma paranóia que teria dificuldades de engravidar, acho que era porque já estava ficando mais velha. Todos com filhos e eu, nada.

A Descoberta
Em fevereiro de 2008, no final do mês a menstruação deveria vir e não veio, ai pensei: Deve estar atrasando vou esperar mais um pouquinho. Uma semana e nada, fiquei encucada com aquilo e pensei: Vou fazer um teste de farmácia. Era uma sexta feira, comprei o teste na saída do trabalho e levei para casa. Tive que esperar o sábado pela manhã, pois deveria ser feito com a coleta da primeira urina.
Sábado acordei e fui direto para o banheiro fazer o teste, e lá estavam as duas listrinhas rosas, pensei: Caraca, estou grávida!
Nisso Alexandre, mas conhecido como Kiuw entrou no banheiro e falou:
- O que é isso?
Eu falei,
- É o teste de gravidez, olha não tem duas listas rosas ai?
Ele falou,
- Tem sim.
Ai eu disse:
Então eu estou grávida. E comecei a rir. Ele ficou meio sem acreditar em tudo.
Na segunda seguinte eu já tinha uma consulta na minha médica, pois estava fazendo exames de rotina.
Cheguei lá e falei com ela que a menstruação já estava atrasada a 10 dias, que havia feito o exame no sábado e que achava que estava grávida, ela falou: então vc está, Me passou o BHCG junto com todos os outros exames que se faz quando a gente descobre que está grávida.
Fiz o exame na terça pela manhã e fiquei o dia inteiro na Net para ver o resultado.
No final do dia, entrei e lá estava o resultado 4mil e um pouquinho (não lembro os valores exatos), fiquei muito feliz e liguei para Kiuw na hora e falei. É, você vai mesmo ser pai. Ele ficou rindo e meio sem ação. Só quem conhece ele sabe do que estou falando.

A Gravidez

Minha gravidez foi muito tranqüila, não senti enjôo, não senti azia ( e olha que a Camille nasceu com muito cabelo), tenho uma amiga que disse que a minha gravidez parecia gravidez de novela daquelas que a mulher fala que está grávida, aparece de barriga e depois com o neném no colo, ninguém percebe o que aconteceu.
Quando fiz a primeiro ultra o Kiuw estava viajando e não me acompanhou no exame (ele foi em todos depois) e a Gabi foi comigo. Ela dizia que este momento é único e que precisamos de alguém do nosso lado para compartilha. Acho que ela estava com medo de ter algum problema com o gerininho, mas ele estava lá lindo e belo e eu não chorei.
Antes de entrar na sala para fazer a ultra que poderia já saber o sexo falei com o Kiuw. Precisamos definir o nome, ele ou ela não poderá sair daqui sem nome.
Se fosse menina seria Camille este já estava decidido, pois quando descobri que estava grávida, liguei para Gabi e contei. Ela falou com a Saroca que a Tia Vanessa estava grávida e a Sarah respondeu: Eu sei mãe, é uma menina e será a Camille. Não tinha como ser diferente se fosse menina, né?
Quando fiz a ultra com 16 semanas, nesta Kiuw estava comigo e descobri que era uma menina, fiquei nas nuvens. Sempre quis uma menina, mas achava que seria um menino, acho que era para não me decepcionar caso fosse mesmo, então Kiuw chegou para mim e falou: Viu já está decidido, não precisa de nome de menino.

O Parto
Eu já estava com 37 semanas, e queria tentar o parto normal. Na verdade queria sentir todas as fases normais da gravidez. Estourar a bolsa, sentir contração e etc... Se desse para fazer normal sem sacrifício faria, caso contrário não teria problemas com a cesária.
Nesta fase as consultas são com mais freqüência e toda semana estava no consultório da médica. A minha pressão começou a aumentar e não estava baixando (detalhe que foi normal a gravidez toda). Ai a médica pediu para eu acompanhar, medindo em casa e nada.
Nisso eu entrei na 38ª semana. Minha outra cunhada que tb estava grávida teve o neném dela prematuro, pois teve pré-eclampsia por causa de pressão alta. Como a minha pressão não estava lá essas coisas e minha filha já estava linda e bela para vir ao mundo a médica falou: Vamos operar amanhã, é melhor não esperar mais. Falei, vamos, já está tudo pronto mesmo.
Quando caiu a ficha que no dia seguinte ela estaria em meus braços eu chorei muito. Chorava tanto que não sabia porque. Acho que era um pouco de medo, junto com felicidade e um pouquinho de tristeza pq a minha mãe não estaria ali.
No dia seguinte chegamos ao hospital às 06:30 junto com a minha médica, me preparei e fui para o centro cirúrgico. Eu estava muito tranqüila, tão tranqüila que a médica chegou a me perguntar se eu estava bem, pois estava calma demais.
Kiuw estava com a máquina a postos tirando algumas fotos e de repente a médica falou, vem pai, ela já está nascendo.

Dia 03/10/2009 às 07:50 chegou em meu braços a coisa mais importante da minha vida hoje. Hoje sei o que é amor de verdade.

9 comentários:

Déia. disse...

ô que linda historia!!!
Sniff sniff

Fran disse...

Ai, ai...
E vamo que vamo... Alguém tem lencinho aí? rsrs

Linda a história Vanessa!

E a Camille é lindona tb!

Gabriela disse...

Linda mesmo, é muito bom poder recordar tudo isso...
Já não me lembrava mais que tinha ido a 1ª ultra e realmente não poderia deixar minha amiga de tantos anos sozinha nesta hora. Depois que li foi que lembrei daquele dia e da espera!!!
Muito engraçado foi a Sarah me falando: - Eu sei mãe é a Camille
- Filha mas pode ser um menino.
- Já disse mãe é a Camille.
Garota, vc me fez chorar e no trabalho...
Bjs
Te amo muito amiga!!!

Francine Figueiredo disse...

Acho que essa foi a história que mais chorei kkkkkkkkkkk

Adorei! e como ela nasceu fofa!

bjs

Vanessa disse...

Só a gente para lembrar dos detalhes.
Tambem amei esta história.
Risos...

Patrícia Angélica disse...

Linda! Que ela tenha sempre muita saúde e que seja muito feliz!

Beijos

Vanessa disse...

Comentário de uma amiga que me mandou por e-mail. Claro que repassei para todos o link do blog com a publicação da história. Mato dois coelhos, publico o blog e babo a cria.
bjs,
===================================

Van, arrasou minha lindona..

Iniciei a leitura (amando), mas não deu pra dar a DEVIDA atenção..

Leu com mais calma, amor e carinho mais tarde

Parabéns, Van, pela família linda que vcs estão construindo e solidificando aos poucos.

Bjs no coração...


Danielle Costa

Vanessa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Gleice disse...

É Nêssa sua gravidez realmente foi linda. Lembra da ultra 3D que dava para ver nitidamente as bochechas gostosas da Camille?
Amiga que sua família seja sempre muito abençoada, e que suas felicidades multipliquem-se a cada dia.
LINDAAAAASSSSS
Bjs Gleice !!!