sexta-feira, 25 de março de 2011

Desfralde - A saga

Olá pessoal,

     Estamos sumidas, né? Muita correria, muito trabalho... Mas esse blog tem um espaço especial no nosso coração e a gente sempre dá um jeitinho de aparecer aqui.



    Eu e Gabriel estamos na fase do desfralde. Que começou super bem. No segundo dia ele já pedia pra fazer xixi. Mas o cocô.... Ah, esse está dando trabalho até agora... Ele simplesmente começou a prendê-lo e não querer fazer de jeito algum! Chorava o bichinho de vontade, mas não fazia. Descobri que na verdade, algumas crianças reagem ao "fazer cocô", como se estivessem perdendo parte delas, por isso prendem.

   Com isso, em casa e na creche decidimos que iríamos incentivá-lo a fazer na roupa mesmo, até que ele relaxasse e somente após isso a gente iria tentar fazê-lo sentar ou no penico ou no vaso, com redutor.

   Estamos indo... Ainda não está 100%, ele ainda segura, mas agora pelo menos faz.

   Ela já usa cuequinhas o dia todo e apenas quando dorme ou quando vamos para lugares longe que ele usa fraldas.

   Por conta disso, andei pesquisando sobre o desfralde e encontrei essa matéria aqui:

3 comentários:

Marcia Pergameni disse...

Oi Linda. cecília desde 2a1m deixou as fraldinhas diurnas. Até o coco foi tranquilo. Mas as noturnas ainda nos perseguem. vez ou outra achamos que ela já não precisa e no dia seguinte a cama esta lá molhadinha de xixi!!! Mas ela ainda esta com2a8, daqui a pouco para né? espero...

Amanda disse...

Olá Fran, esta fase é chatinha mesmo, para umas crianças mais e para outras menos, não tem nem como comparar, cada uma reage de um jeito e não tem receita... O que posso fazer é contar um pouquinho da minha experiência com Arthur pra ver se você tira alguma dica... Arthur já não usa mais fraldas, mas ele já vai fazer 3 anos mês que vem... Bom, as "tias" começaram o desfralde na creche e eu em casa comecei com uma estória (que foi a psicóloca da creche que orientou) da piscina dos cocôs (tá rindo né?... rsrsrs), e que era para eu falar pra ele que os cocôs queriam ir na piscina dos cocôs (que é o vaso) e que eu fizesse uma "festa" quando ele fizesse direitinho no vaso... assim eu fiz e deu certo, ele até curtia esta "festa"... A psico falou que o cocô, como é feito por eles, eles acham que é uma "obra de arte" deles, por isso devemos encarar desta forma, como uma coisa boa e não como uma coisa suja... Ele até deixou dar umas escapadinhas mas depois obteve total controle... Boa sorte pra você nesta fase, quando estamos nela achamos que é interminável, mas passa rapidinho...
Saudades meninas dos posts para compartilharmos aqui, é importante, vamos nos esforçar!!! rsrsrs Bjos p todas!!!

Teca disse...

Fran, aqui em casa foi assim também.
Eu tinha que colocar a fralda para ele fazer coco. Foi tenso :P
Depois ele passou a fazer na cueca. Me deram a dica pra deixar ele fazer na cueca, mas em combinar com ele que lugar de coco era no banheiro.
Então em 1 semana ele já corria pro banheiro, e fazia lá,mesmo na cueca.
Depois foi fazer no vaso, ajudou muito o Livro do Cocô. Ele gostava bastante e passou a se sentar no vaso.
Mas até hoje quando ele precisa parar de brincar pra fazer, voce percebe ele prendendo. Vira um saco pra convence-lo a ir pro banheiro.