terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Nova idéia para o blog

Então...
Já contei aqui que estou lendo um livro que estou adorando sobre o taoísmo enfim, a filosofia chinesa sempre reverencia os mais velhos e neste livro fala-se muito sobre isso, que devemos lembrar e celebrar as pessoas importantes que marcaram nossas vidas.
Por conta disto tive uma idéia para o nosso blog, que reparti com a Roberta e foi aprovada, para podermos homenagear e celebrar as mulheres que marcaram e influenciaram nossas vidas. Mães, avós, bisavós, tias, amigas, vizinhas, estrelas, enfim pensei em postarmos uma vez por semana uma "história de uma mulher" que fizeram ou ainda fazem parte da nossa história como mulheres nos ajudando a trilhar este caminho.
Porque tive essa idéia?
Hoje minha mãe faz aniversário e gostaria muito de poder descrever pra ela o quanto ela é importante no meu caminho.
Bom, como tive a idéia vou começar e se vocês gostarem a Roberta concordou em fazermos como fazíamos com a história dos nascimentos, vocês enviam o post e toda terça vai pro blog uma "história de uma mulher". Então vamos lá, preparem os lencinhos!

HISTÓRIA DE UMA MULHER!!!
Bom, como falar de mãe sem chorar, impossível, nem comecei a escrever e só de pensar já estou chorando, mas quero falar aqui sobre a minha mãe.
Minha mãe é uma guerreira e vencedora!
Mãe, mulher, avó e amiga, ela sempre brigou pela sua família.
Lembro de pequenas coisas que me marcaram muito, ela sempre teve muito ciúme da minha relação com meu pai, mas acho que ela nunca percebeu que sempre foi o meu porto seguro.
Minha mãe lutou muito para que tivéssemos estudo, lembro-me dela indo para a porta do Instituto de Educação esperar a diretora para conseguir uma vaga na escola para suas filhas.
Lembro-me dela arrumando as coisas, do dia pra noite, se mudando para São Paulo porque não iria deixar a nossa família separada a semana toda.
Lembro-me dela deixando a gente brincar com seus vestidos e sapatos e fazendo a maior bagunça na casa.
Lembro-me dela dançando com a gente na sala em noites de festival de música.
Lembro-me dela brigando pra corrigir as coisas erradas que fazíamos.
Gosto de rir com ela e dela, apesar de às vezes ela achar que a gente tá debochando dela, eu também quero ser motivo de riso pra minha filha.
Mas, principalmente, lembro-me dela dormindo na cama debaixo, quando tive minha filha e fiquei na casa da minha sogra (outra mãe maravilhosa) porque ela morava com minha irmã e não pude ir pra casa dela.
Lembro-me das suas palavras dizendo: "Nunca te bati, mas se você der uma mamadeira ao invés do peito pra minha neta te dou uma surra. Amamentar é uma benção e você não vai perder isto."
Pois é mãe, apesar de às vezes não querer cometer os mesmos erros que você, sempre me orgulho de repetir com a minha filha o que você fazia conosco, sempre me emociono quando vejo a minha filha brincando com meus sapatos, vestindo as minhas roupas e indo pra minha cama de madrugada.
Mãe maravilhosa, neguinha da minha vida, te amo muito e se sou o que sou devo muito a você!!!
PARABÉNS NEGUINHA!!!

7 comentários:

Déia. disse...

Nossa Gabi, adorei o posto e incentivo tambem a criá-lo.
Me emocionei lento seu relato sobre sua mãe.
Parabéns pra ela.

Fran disse...

Ih, isso não vai dar certo!!! rsrsrsrs...
Já fiquei com um nó na garganta antes mesmo de ler a história!

Roberta disse...

Ai bem que vc falou pra preparar os lencinhos...
Que lindo!!!
É tão bom né?!
Mãe é sempre mãe!
Parabéns pra sua mãe!!!
Bjs.

Angela disse...

Que lindo depoimento!
Esta história me remete à momentos que tive com a minha mãe! Emocionante!

Vanessa disse...

Falei que não queria ler pq saba que ia chorar.
Lindo !!!
Bjs,

Francine Figueiredo disse...

Adorei essa idéia, vou escreveer, mas tenho que fazer com calma e ultimamente estou mtoooooo atarefada, mas vou escrever com certeza adorei a idéia!
bjs

Dany disse...

Ah, quero contar a história da minha mãe...rs