terça-feira, 17 de novembro de 2009

Creche - como escolher

Camille fez um ano no início dê Outubro e ano que vem quero colocá-la na creche. Acho importante a socialização com outras crianças fora que o desenvolvimento da criança é bem melhor.
Sexta feira estava de folga e fui dar uma pesquisada em duas creches que tem perto da minha casa.
Na verdade minha primeira opção era a escola Tradicional, pois era perto de casa e com isso já economizaria um dim dim com transporte.
Mas a pouco tempo descobri uma outra que também é perto, uma escola Montessoriana.
Fui ver as duas e elas tem estilo bem diferentes. Diferentes no ambiente e diferentes no método de ensino.
Uma é método tradicional (acho que chamam de construtivismo) a outra é Montessoriana. Não sei se todos conhecem ou já ouviram falar, mas é um método bem diferente de ensino que gostei e ainda tem outro ponto a favor que foi o ambiente, bem mais natural.
Como sou marinheira de primeira viagem tem coisas que a gente só lembra de perguntar quando sai do local e na Tradicional foi assim. A pessoa que me atendeu comentou por alto tipo: Aqui as crianças comem, aqui fazem os trabalhos, aqui brincam e etc...
Na outra (Montessoriana) ela me explicou tudo no detalhe, tipo de pedagogia, como eram feitas as atividades, o que a criança aprendia, como era o método de ensino e etc...
Fiquei numa dúvida cruel.
Como vcs mães que já tem o filho na creche escolheram? Local, ambiente, método de ensino, preço?
Alguém teve experiência ruim na escolha da creche?

7 comentários:

Roberta disse...

Nessa, no meu caso escolhi pelo: ambiente, higiene, atenção dos profissionais, quantidade de crianças na turminha, quantas pessoas pra cuidar deles todos, localização. O resto foi sorte!
O preço era quase igual nas duas em que fui...
Maria Clara, desde o primeiro dia de adaptação, foi toda alegre e sorridente!
Hoje, não sei se por causa da idade mais avançada ela chora as vezes pra ficar, mas de resto...adora!
Acho que vc tem q deixar onde vc sentiu mais confiança!
Bjs.

Fran disse...

Oi Vanessa,

Talvez a tradicional perto da sua casa seja a creche onde Gabriel fica... rsrsrsrsrs...

Bom, eu acabei ficando entre duas tradicionais. Confesso que não me prendi a nenhum método de ensino, pois Gabriel entrou na creche com 4,5 meses. E as crianças somente terão ensino mesmo a partir dos 2 anos. Até 1 ano de idade elas aprendem mas ainda é bem lúdico.

O meu critério de seleção foi por recomendação mesmo. Fechei em duas creches e fiquei com a que ele estuda hoje. Estou bem satisfeita. O preço de quase todas regula bastante. Então esse não foi o critério.

Lá tenho bastante liberdade. Durante o período de adaptação, Gabriel ficou completamente à vontade, o que pra mim foi fundamental.

Temos uma pessoa que trabalhou anos lá e nos indicou. Conversei com algumas mães e todas estão satisfeitas com o ensino.

Então, montessoriano ou tradicional, acho que você tem que perceber o ambiente e como as crianças estão. Na minha segunda opção percebi as crianças, digamos, amontoadas... Não sei... Não fiquei com uma boa impressão... Porque ensino, a Camille terá de qualquer forma e em qualquer método.

A escola tem que te dar segurança e abertura como mãe para você entrar e ter liberdade.

Não sei se ajudei... rsrsrs

Vanessa disse...

É Fran, acho que a segurança que a escola passa é fundamental, e queria evitar ficar trocando ela de escol toda hora, por isso queria acertar de cara. Ajudou muito, vou seguir meu coração, se não der certo no outro ano a gente vê novamente.
Bjs,

Gabriela disse...

Pois é na verdade nesse período em que eles são pequenos muitas vezes se adaptam bem. Por isso acho que o mais importante é você se adaptar!
A escola tem que andar junto com os pais e como a Fran disse você tem que ter segurança. Por isso apesar de escolher, aproveito o período de adaptação que você vai fazer para ver se você se adapta a escola, é aí que você vai perceber se fez a escolha certa.
A escola da Sarah é pequena e eu costumo dizer que é o quintal da nossa casa... Ela se sente em casa lá.
É bem verdade que agora que está crescendo já percebeu que as crianças maiores tiram férias e não ficam o dia todo na escola então às vezes ela pergunta se pode ir só a tarde e se vai ter férias...
Sabe o que percebo de fundamental na escolha que fiz?
Coloquei ela numa escola que trabalha muito o desenvolvimento da criança como um indivíduo único que vive em sociedade, então percebo que a Sarah aprendeu a se posicionar, colocar suas escolhas e dar sua opnião.
Bjs

Mari Serezani disse...

Oieee...
Como minha cidade é mto pqna não tive mta opção de escolha , são cinco escolas boas aqui.
Escolhi pela higiene , espaço ...e as professoras bem atenciosas.
Levei a minha lilica pra passar um dia em duas delas e o voto de minerva foi (quase todo) da minha pimpolha.
Preferi a que ela mais se identificou.
Bjo grande pra todas vcs...

Dany disse...

Roberta,

Acabei de te mandar um e-mail sobre esse assunto.

Mandei pro maesmothernas@gmail.com. É isos mesmo?

Bjs!

Dany disse...

Acabei de fazer um post sobre o tema. :-)
Espero que goste.
Bjs!