sexta-feira, 2 de outubro de 2009

História de um Nascimento: Bebê Lucca

Bom dia meninas!!!!!

Hoje é dia!!!!
A história de hoje é do Lucca, filho da nossa amiga-colaboradora Vick.
Bôra chorar, já que é sempre isso mesmo que a gente faz quando lê essas histórias?!?!!?


A Motivação

Eu e Davi estamos juntos há quase 12 anos e logo no início do nosso namoro eu engravidei e perdi o bebê em uma “Gravidez tubária”. Ao longo dos anos sempre nos pegávamos perguntando como teria sido nosso filho ou filha, estaria com quantos anos, como seria nossa vida se ele (a) tivesse nascido, etc...Sei que isso de certa forma nos fazia mal, mas era inevitável. Para amenizar a situação compramos dois cachorros para nos fazer companhia.

As Tentativas

Não sou super planejada como a Fran, mas nós estávamos esperando a situação financeira melhorar, como ela não melhorava resolvemos começar as tentativas em Março de 2007 J. Fizemos três meses de tentativas e nada...Como só tinha uma trompa em função da gravidez tubária a minha médica me pediu uma bateria de exames para ver se a que eu tinha estava boa. Já estávamos em Julho e a cada mês que a menstruação vinha parecia que estava abortando. Muitas pessoas diziam que a nossa ansiedade estava atrapalhando, daí resolvemos relaxar e “treinar” sem cobranças. Em Novembro de 2007 meu marido pensou que o “problema” poderia estar com ele e fez um espermograma onde foi constatado que ele estava com baixa taxa de fertilidade. Ele começou a tomar vitaminas e em Fevereiro de 2008 após 11 meses de tentativas engravidamos!

A Descoberta

Olha vocês podem até não acreditar, mas quando eu e Davi fizemos amor nós sentimos algo diferente e meu marido teve uma crise de choro logo em seguida...Mas a certeza mesmo, a descoberta foi no dia 21 de Março de 2008.

A Fran tinha me ligado para contar da sua gravidez me pedindo para organizar o seu chá de bebê e neste mesmo dia tinha orado pela manhã pedindo para que Deus me desse uma confirmação se eu estava grávida, pois estava me sentindo diferente. Quando ela ligou pensei que essa poderia ser a resposta, pois afinal não é todo dia que uma amiga liga contando essa novidade! Mas orei novamente dizendo: “Deus eu sou meio “burrinha”, não sei se entendi direito...Me mande outro sinal please!”. Continuei fazendo minhas coisas durante o dia quando recebi um telefonema do Tiago (um amigo em comum meu e da Fran) dizendo: “Quer dizer que a cegonha visitou vocês?”. Eu gelei! Comecei a rir e ele repetiu a frase e completou: “Vocês da Igreja Orla Sul, a Fran não está grávida?”.

Pra mim já tinha dado! Liguei para o laboratório e marquei o exame para o dia seguinte. Fui escondida do meu marido e fiquei o dia todo olhando a internet para ver quando saia o resultado. Quando peguei liguei para uma amiga ginecologista e BINGO! Nem podia acreditar...Saí do meu trabalho e fiquei na rua sem saber o que fazer...Não queria contar pro meu marido por telefone então liguei pra Fran e disse: “Amiga, não vai dar pra fazer o seu chá de bebê, pois vamos ter que pedir pra alguém fazer o NOSSO”, foi muita emoção!

Passei numa loja infantil e comprei sapatinhos, coloquei dentro de uma caixa junto com o resultado do exame. Preparei um lindo jantar e quando o meu marido chegou abriu o “presente” e ajoelhado e abraçado a minha barriga chorou muito, muito mesmo. Nesta noite não dormimos de tanta felicidade!

A Gravidez

Minha gestação foi perfeita! Sem dores, sendo muito paparicada, disposta, comprando coisinhas para o bebê, me sentindo linda...

O Parto

Minha vontade desde o início era de ter parto normal, porém o Lucca chegou a ficar com a cabeça para baixo e depois ficou na posição transversa. Fiquei um pouco frustrada, mas nessa altura o importante era ele nascer com saúde. Marcamos para o dia 09 de Novembro, minha cesárea durou 15 min e eu estava muito tranqüila e feliz. Fiquei o tempo todo conversando com a minha médica e quando terminou eu disse: Já?!. Quando cheguei no quarto tinham quase 20 amigos, foi emocionante, pois minha família não veio para o Rio.
Hoje aqueles “fantasmas” de como seria o nosso filho (aquele que perdi) acabaram! Eu não consigo explicar o quanto o Lucca completou as nossas vidas, o quanto o amamos, o quanto foi sonhado, esperado...Deus é maravilhoso!


7 comentários:

Talita disse...

Ai meu Deus, to aqui, no trabalho tendo que retocar a maquiagem... sexta é mesmo dia de chorar!
rrsrsrsrs
Lindíssimo!
Beijoss

Fran disse...

É... Lembro de cada detalhe desse.
Acompanhei tudo de pertinho!
É uma história linda mesmo!

E o meu fofucho é a coisa mais, mais... que tem... hehehehe

Fran disse...

Só um comentário bobo...

Quando se marca uma cesárea, se sai tranquilo de casa. Notem que a Vick está delicadamente maquiada e tal... Dá pra fazer uma escova básica nos cabelos... hehehehe...

Se vcs olharem minha foto vão ver olheiras enormes, pois como foi parto normal, além do momento final, que é bem doloroso, eu estava sem dormir, pois meu trabalho de parto começou lentamente às 21h mais ou menos e o Gabriel só nasceu às 09h30 do dia seguinte.

Eu estava visivelmente cansada e descabelada. hahahahahaha...

Lembro de quando minhas irmãs chegaram no quarto e elas me disseram: Vamos pentear esse cabelo? hahahaha...

Daí passei um corretivo básico nas olheiras e assim recebi as visitas.

hahahahaha...

Bobeira, mas fiquei aqui rindo sozinha lembrando disso...

Vick disse...

Ah isso é verdade... Antes do maqueiro entrar passei um gloss hahahaha, mãe perua!

Francine Figueiredo disse...

Mais uma linda história!
Não tem jeito, só após relaxarmos nas tentativas é que conseguimos, isso acontece com todos...

Eu marquei a cesária, até saí de casa bem, mas mesmo não sentindo nada, fiquei tão groge da anestesia que estava com cara de defunto após o parto.
Nem lembrei de fazer essas coisas no dia... minha cabeça estava a mil...

bjs

Jú Ferrer disse...

Linda sua história, amei os sinais, a emoção do seu marido, o nenê que nasceu comprido e a mãe perua, hahaha.

Muitas felicidades pra vcs.

Beijocas

Erika disse...

Acompanhei meio que de perto o nascimento do Lucca... Sempre conversava com a Fran, pra saber como o Gabriel estava e perguntava pelo Lucca... Hoje, esse bebê comprido é a coisa mais fofa e cabeluda que existe... Uma bolinha gostosa!! Parabéns à Vick e ao David... Vcs capricharam!